domingo, 19 de abril de 2009

Fabio Cadore (Brasil)


Nascido em 1º de Outubro de 1983, na cidade de São Paulo, Fabio Cadore é filho de pai gaúcho e mãe paulista. Inicia no universo musical aos 6 anos de idade, aprendendo de forma autodidata a tocar violão.
Aos 13 anos, ingressa no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim para cursar música erudita. Começa, então, a se destacar como violonista em recitais solo. Participa de um quinteto de violões e também da orquestra "Bella Camerata", se apresentando em espaços como Teatro Credicard Hall, Sala São Paulo e Memorial da América Latina.
Aos 17 anos, abandona o conservatório musical e se afasta da prática erudita, se dedicando exclusivamente à música popular brasileira. Assim, ingressa na Faculdade de Música Carlos Gomes para especialização em canto popular. Paralelamente, dá continuidade aos estudos do violão e também laboratórios de composição com Eduardo Gudin e Toninho Horta.
Em 2006, após tornar-se graduado em Música, participa de um curso voltado à trilha sonora de cinema na UNICAMP e começa a divulgar o seu trabalho autoral por conceituados bares paulistanos, culminando em uma apresentação no auditório do SESC Vila Mariana, em São Paulo.
O ano de 2007 foi marcado pelas gravações de “Lúdico Navegante”, seu primeiro álbum, tendo como companheiros de destaque o pianista Fabio Torres, integrantes do naipe de metais da Soundscape Big Band e Banda Urbana, um naipe de cordas liderado por Ricardo Takahashi, além de participações especiais do cantor e compositor Filó Machado e da cantora Karina Ninni. O disco foi produzido pelo próprio Cadore e masterizado por André Geraissati.
Ainda em 2007, participa do projeto “Novos compositores”, idealizado pela cantora e fotógrafa Dani Gurgel, e tem uma música gravada pelo cantor Társis Iraídes. Faz também participação especial no disco do compositor Tó Brandileone, cantando a faixa “Primaveras perdidas”.
Começa o ano de 2008 lançando o disco “Lúdico Navegante”, no Teatro Crowne Plaza, seguido de boas críticas e aparições na mídia. No Teatro Ópera Buffa, participa do projeto “Parcerias”, com Vinicius Calderoni e convidados. Ao lado de Tó Brandileone, Dani Black e Calderoni, participa também do festival “A vez e a voz deles”, produzido pela casa de shows “Ao Vivo Music”, contemplando a nova geração de cantores-compositores.
Numa primeira produção fora do estado de São Paulo, ainda a ser lançada, Cadore participa do álbum de estréia da banda mineira “Maghi”, no qual assina quatro composições, além de cantar e tocar piano em algumas faixas. Nos primeiros passos de uma carreira internacional, “Lúdico Navegante” teve boa vendagem no Japão. Além disso, Fabio Cadore é convidado a participar da produção do novo álbum do pianista e compositor coreano Jung Bum Kim. O disco, no qual Cadore assina quatro composições e também as canta, tem lançamento previsto para o primeiro semestre de 2009, nos EUA e Coréia. Também nesse semestre, Fabio faz uma turnê pela Argentina e participa de alguns projetos pela Europa.


ACTUAL JAZZ

ACTUAL JAZZ
Volver al comienzo